Tangará da Serra/MT, 09 de Dezembro de 2019

Facebook

NOTÍCIAS segunda-feira, 02 de Dezembro de 2019, 12h:54 | - A | + A

PRESO POR HOMICÍDIO

Morre na UTI menino de 2 anos espancado pelo padrasto em Juína

Por: Gazeta Digital

Reprodução

Depois de quase 15 dias internado com traumatismo craniano e sinais de espancamento, o menino Júnior Ribeiro Ferreira, 2, não resistiu e morreu no Pronto-Socorro de Cuiabá. Ele foi agredido pelo padrasto em Juína no dia 17 de novembro.

 

As informações são da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que liberou o corpo da criança ao Instituto Médico Legal (IML). O padrasto dele, Igor Campos de Almeida, 18 anos, está preso pelo crime e confessou que agrediu o menino ‘sem motivo’.   

 
 

O caso foi divulgado pelo Gazeta Digital, um dia após Júnior dar entrada na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Juína já desacordado em companhia da mãe, uma menor de 17 anos.   

 

Ela contou à equipe médica que os hematomas apareceram após a criança cair, o que levantou a suspeita. Após exames realizados no menino, os profissionais descartaram queda acidental e acionaram a Polícia Militar suspeitando de maus-tratos e espancamento.   

 

 

A mãe chegou a sustentar a versão da queda da criança, que inclusive, teria batido a cabeça em uma pedra. Devido ao estado grave, ele foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Pronto-Socorro de Cuiabá, onde morreu no final da manhã de domingo.  

 

Já havia contra o suspeito um histórico de agressão. Ele teria agredido o menino em outras vezes e jogado uma moto em cima dele. Igor foi preso no mês passado e vai responder por homicídio qualificado.

IMPRIMIR

COMENTÁRIOS